Massagem Rítmica

Nosso corpo é por demais complexo e encontra-se integrado, interligado expressando uma unidade em funcionamento.

Assim um unico toque em uma parte por menor que seja , significa um toque no todo.

A qualidade do toque é dirigida num movimento de sucção ao invés de pressão. Isso faz com que o terapeuta produza uma resposta interior imediata.

O toque atinge desde a pele , com suas terminações nervosas e vasos sanguineos até os musculos e ossos e reflete-se profundamente nas vísceras bem como no Sistema Nervoso.

A Massagem Ritmica traz benefícios para afecções cronicas e agudas podendo ser utilizada para varias doenças fisicas, psicológicas e de desenvolvimento.

O Elemento Ritmico é a caracteristica  principal deste método desenvolvido pela Dra Ita Wegmann em 1920 com base na Medicina Antroposófica e na Massagem sueca .

O Sistema Ritmico, que compreende a respiração e a circulação, contem as forças sanantes do organismo , que reconduzem as irregularidades à harmonia. 

“Ritmo é Vida “.

“Toda criação é condensada a partir de Ritmo Vitais.”

O Ritmo liga o Céu e a Terra e as forças espirituais anímicas com o corpóreo terreno.

Tudo na nossa vida se manifesta através do Ritmo.

O ritmo reespiritualiza; potencializa; revitaliza o material morto;

tem relação com o musical; com a harmonia das esferas;

Ritmo : marés; dias; semanas; anos; sono e vigília; renascimento e morte; os setêneos;

Qualquer pessoa, desde bebes até as pessoas bem idosas podem se beneficiar desta massagem.  

É um medicamento nas mãos.

São empregados óleos e pomadas preparados pelo Laboratório Weleda. São feitos de extratos medicinais, óleos vegetais puros prensados a frio e óleos essenciais orgânicos.  Não são usados conservantes, emulsificadores, corantes artificiais e aromas.

Campos de atuação da massagem rítmica

  • Stress
  • Distúrbio do sono
  • Fraqueza ou excesso de metabolismo – anemia, subnutrição e obstipação.
  • Problemas respiratórios – asma, efisema.
  • Problemas de coluna e musculares – contraturas, torcicolos, desvios de coluna, discopatias, ciatalgias, lombalgias e artroses.
  • Problemas articulares e ósseos – periartrite, bursite, fraturas, entorces, hematomas e inflamações.
  • Cefaléias – enxaqueca.
  • Problemas circulatórios arteriais – problema circulatório devido diabetes, angina e claudicação intermitente.
  • Problemas circulatórios venosos – edemas, úlcera varicosa.
  • Doenças reumáticas.
  • Problemas degenerativos do sistema nervoso – apoio coadjuvante: Parkinson, esclerose múltipla.
  • Problemas ginecológicos – gravidez após três primeiros meses, distúrbios do climatério.
  • Câncer – edemas linfáticos.
  • Psiquiatria.
  • Pedagogia Curativa.
  • Pediatria.
Anúncios